Anvisa autoriza teste de vacina desenvolvida por empresa chinesa

-
Foto : Photonews via Getty Images

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou ontem (3) testes da vacina contra o coronavírus CoronaVac, desenvolvida pela empresa chinesa Sinovac. 

A liberação havia sido solicitada pelo Instituto Butantan e foi anunciada pelo governador de São Paulo, João Doria, no dia 11 de junho. A anvisa informa, em nota, que a dose deve ser testada em diferentes partes do Brasil. 

A vacina está na terceira fase de experimentos, quando já pode ser administrada por um maior número de pessoas. O estudo clínico com ela vai contar com nove mil voluntários, dos estados de SP, Rio Grande do Sul, Minas Gerais e Paraná, além do Distrito Federal.

De acordo com a Anvisa, estudo da primeira e segunda fase, que foram realizados em humanos saudáveis e em animais, indicaram segurança nas doses e capacidade de provocar respostas imunes “favoráveis”. 

Após aval da Anvisa, de acordo com o Butantan, metodologia ainda precisa ser validada pela Comissão Nacional de Ética em Pesquisa (Conep), ligada ao Ministério da Saúde, ou pela Comissão de Ética para Análise de Projetos de Pesquisa (CAPPesq), que é vinculada à Secretaria Estadual da Saúde. (Metro1)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui