Após áudios vazados, Chico afirma que apresentara denúncia a Câmara de Vereadores de S. A. de Jesus contra o prefeito

-
Vereador de oposição de Santo Antônio de Jesus, Francisco Damasceno, o Chico de Dega / Foto: Voz da Bahia

Diante das supostas acusações e denúncias em áudios que circulam no WhatsApp contra a gestão do prefeito Rogério Andrade (PSD), do ex-prefeito Euvaldo Rosa (PSD) e da administração da Santa Casa de Misericórdia de Santo Antônio de Jesus; o vereador Francisco Damasceno, conhecido Chico de Dega (DEM), declarou na Andaiá FM estar frustrado e envergonhado diante de tais denúncias contra o grupo Jacu.

Segundo o vereador Chico, o áudio é do Dr. Christian Ferraz, “médico conceituado no município, participou durante muitos anos de todas organizações políticas deste grupo, fala com conhecimento de causa, não acredito que Dr. Christian faria tais denúncias se não fosse verídico. Estou envergonhado em ver cidadãos que sempre se revelaram íntegros na cidade terem sidos acusados do contrário”, disse.

Ainda sobre as denúncias em áudios vazados, Chico aponta: “quando ele afirma que tem empresas que participam da prefeitura e algumas tiram benefício perante isso, e cita o terreno da Santa Casa de Misericórdia, cita empresa que prestou serviço é de envergonhar esta terra. Eu não provo isso, mas as palavras proferidas pelo Dr. Christian deu oportunidade de inspirar sobre a sociedade a forma que este grupo vem conduzindo a administração de Santo Antonio de Jesus”, relatou.

Ainda segundo o edil, se todos os atos denunciados foram de fato praticados, o cidadão dito no áudio não merece o respeito da população, “quando ele cita do seu ex-grupo político, as armações e rasteiras para ganhar a eleição de Santo Antonio de Jesus, envergonhou toda a população santoantoniense. Eu, na condição de vereador, chamo e convoco o MP (Ministério Público), tem que apurar essas acusações que levou ao conhecimento da população, pois um homem de bem e de família nesta terra, denunciou o desvio de recurso público do município em favorecimento a pessoas que se beneficiam dos recursos da cidade”, manifestou.

Chico de Dega, aproveitou também e denunciou ainda que este grupo transferiu pessoas do município para outro com o intuito de ganhar a eleição contra ex-prefeito Humberto Leite (DEM). O entrevistado solicitou que o prefeito Rogério Andrade e o ex-prefeito Dr. Euvaldo Rosa provasse que tais palavras não são verdades e garantiu que apresentará uma denúncia a Câmara de Vereadores contra a gestão.

“Eu não estou dizendo nada, só estou proferindo as palavras do médico. Não venha querer botar palavras na boca da população a não ser que venha provar a verdade, o prefeito e Dr. Euvaldo tem que provar que isso não é verdade. Se isso estiver acontecendo, esse grupo político não pode e nem devem participar das eleições vindouras”, concluiu.

Redação Voz da Bahia