Após críticas do paciente com covid-19 a secretaria de saúde, prefeito de S. A. de Jesus garante que é um ‘ataque político’

-
Prefeito de Santo Antônio de Jesus/BA, Rogério Andrade (PSD) / Foto: Voz da Bahia

Em entrevista concedida ao Infosaj na tarde desta quarta-feira (13), o prefeito Rogério Andrade (PSD), comentou a respeito do 2º paciente confirmado com a Covid-19 em Santo Antônio que disse na live do Voz da Bahia que a secretaria não o procurou para saber com quantas pessoas ele esteve antes e que não havia monitoramento da pasta da saúde (reveja aqui).

Questionado sobre como esse paciente está sendo monitorado, o gestor afirmou que ele está sendo acompanhado pela secretaria de saúde, “está sendo bem monitorado, mas com preocupação estamos tendo todo o cuidado do mundo, falando com ele por telefone, a equipe acompanhando, ele até deu entrevista em uma emissora da cidade parabenizando a médica pelo tratamento que recebeu no HRSAJ (Hospital Regional de Santo Antônio de Jesus”, relatou.

De acordo com Rogério, as opiniões do paciente mudaram de um dia para o outro devido a um ataque político, e em consequência disso, com o intuito da preservação do mesmo, foi necessário levar o caso ao conhecimento do MP (Ministério Público), “existem pessoas que querem fazer política a todos os momentos e não respeitam ou priorizam o que realmente precisa ser nesse momento, que são as vidas das pessoas. Acho que não é momento de politica. De um dia para o outro, depois de um telefonema de um agente politico do campo da oposição, botou na cabeça do cidadão (o paciente) de que ele precisava se valorizar. O secretario teve que levar ao conhecimento do Ministério Público no dia de hoje, dessa dificuldade de convencer o cidadão que ele precisa se preservar”, afirmou.

O gestor informou ainda que a secretaria tem tomado as devidas providencias e que o paciente está prestes a ser o segundo caso de cura do Covid-19 na cidade, “a secretaria tem tomado todas as providencias, o cidadão até aqui responde bem, caminha para ser o segundo caso curado aqui na cidade, mas lamentavelmente mesmo a secretaria e eu tomando todos os cuidados para sequer informar onde o mesmo mora para não trazer nenhum tipo de transtorno, mas o próprio cidadão procurou a imprensa e fez questão de trazer a tona a questão”, falou.

Sobre os “ataques políticos”, Rogério Andrade solicitou ajuda para a cidade, ao invés de fazer política nesse momento, “lamentamos profundamente e pedimos as pessoas que ajudem a cidade, e que os agentes políticos que mostrem a cara de outra forma, contribuindo, isso que procuramos nesse momento de 2 meses de pandemia. O que essas pessoas tem feito para ajudar a cidade? Onde estão nesse momento? Quando aparecem é para criar esse determinado tipo de problema para nossa cidade. Já estou calejado de ataques políticos”, concluiu.

Redação Voz da Bahia

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui