Arthur, Davi e Maria Eduarda foram os nomes mais registrados no estado em 10 anos

Foto: Luiz Silveira/Agência CNJ

Os nomes Arthur e Davi foram os mais escolhidos na Bahia para registro de nascimento de meninos na última década (2010 – 2020), aparecendo 17.932 e 13.597 vezes respectivamente. Já com 11.267, Maria Eduarda foi o nome feminino mais registrado.

Os dados, divulgados nesta quarta-feira (30), foram coletados nas 704 unidades de Registro Civil do estado nos últimos dez anos pela Central Nacional de Informações do Registro Civil, plataforma administrada pela Associação Nacional dos Registradores de Pessoas Naturais (Arpen/Brasil). O ranking geral mostra a preferência por nomes simples.

Em Salvador, Arthur (3.812) e Miguel (3.326) ocuparam o primeiro e segundo lugares, respectivamente, no ranking de nomes escolhidos na última década. Na classificação feminina, Maria Eduarda ocupa o primeiro lugar.

No ranking do Brasil, Miguel, com 321.644, e Arthur, com 287.886, foram os nomes mais escolhidos da década. A popularidade do período recaiu sobre os nomes simples, com apenas dois compostos entre os 10 mais: na quinta colocação, Maria Eduarda (214.250), o nome feminino mais registrado, e na oitava, Pedro Henrique (154.232), que ocupa o sexto lugar da lista masculina. Outros nomes que aparecem no top 10 geral são Davi (248.066), Gabriel (223.899), Alice (193.788), Heitor (154.237), Laura (153.557) e Sophia (147.579).(Bahia.ba)