Bolsonaro admite discussão interna sobre furo no teto de gastos; assista

-
Foto: Reprodução

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) defendeu nesta quinta-feira (13) a realização de investimentos públicos em áreas sociais e obras de infraestrutura, mas disse que não existe tentativa de “golpe” para “furar o teto”, embora tenha reconhecido que haja discussões internas sobre o assunto. A declaração foi dada durante sua live semanal nas redes sociais no início da noite. 

Segundo o líder nacional, os integrantes do governo debatem mudanças na regra do teto para que seja possível ampliar recursos para conclusão de obras. 

“A ideia de furar o teto existe, o pessoal debate, qual é o problema? Na pandemia, temos a PEC de Guerra, nós já furamos o teto em mais ou menos R$ 700 bilhões. Dá para furar mais R$ 20 bilhões? Se a justificativa for para o vírus, sem problema nenhum. ‘Ah, nós entendemos que água é para essa mesma finalidade’. E a gente pergunta: ‘E daí? Já gastamos R$ 700 bilhões, vamos gastar mais R$ 20 bi ou não?'”, disse o presidente.

O pessoal vem como se tivesse tudo articulado para dar um grande golpe, furar o teto como se alguém estivesse desviando dinheiro. A intenção é de arranjar a mais, em média, R$ 20 bilhões. É água no Nordeste, é saneamento, é revitalização de rios, é Minha Casa Minha Vida”, comentou.

. Live de toda quinta-feira (13/08/2020).. Nos acompanhe pelo YouTube: https://youtu.be/5wTrE6F5jlc- Temas:Privatizações, reformas, responsabilidade fiscal, auxílio ao setor aéreo, FATOS sobre a hidroxicloroquina, combate ao vírus e o desemprego, esclarecimentos sobre fatos da economia e informações sobre o setor de turismo com o Presidente da Embratur, Gilson Machado.

Gepostet von Jair Messias Bolsonaro am Donnerstag, 13. August 2020

(Correio)