Brasil Ride adia Ultramaratona de Ciclismo em Porto Seguro para 2021

-
Foto: Fabio Piva / Brasil Ride

A 11ª Ultramaratona de Ciclismo, que aconteceria em Porto Seguro, foi adiada devido a pandemia. Seguindo recomendações de entidades nacionais e internacionais a organização da Brasil Ride, responsável pela Ultramaratona, optou por realizar o evento apenas em 2021.

“Obviamente esta não era a notícia que eu gostaria de dar, mas é a mais prudente para o momento. Após uma grande análise envolvendo UCI, CBC, Estado da Bahia e Prefeitura de Porto Seguro, bem como a nossa equipe de trabalho, pensando nos novos protocolos exigidos, concluímos que não é seguro e nem viável realizar o evento em outubro de 2020. Assim, o adiamos para 2021, e o mesmo ocorre com a Maratona dos Descobrimentos. Lamento muito, mas acredito que segurança e bem-estar das pessoas é o mais importante”, explica Mario Roma, fundador da Brasil Ride.

A decisão de que a maratona aconteça nos dias 17 a 23 de outubro do ano que vem levou em consideração normas da União Ciclística Internacional (UCI) e da Confederação Brasileira de Ciclismo (CBC), como citado por Mario Roma. O adiamento também contou com o governo estadual da Bahia e o governo municipal da cidade de Porto Seguro, que sediará o evento. Até o início de agosto, nenhuma prova de ciclismo será realizada no país.

“A Brasil Ride é um evento que exige 300 pessoas trabalhando e outras 500 competindo nos sete dias, além de mais de 2.000 ciclistas na Maratona que encerra a competição, no sábado, em um fim de semana que Arraial d’Ajuda chega a ter 8.000 pessoas”, explicou o fundador da Brasil Ride, ressaltando o motivo de não poder garantir o evento este ano, já que o Brasil ainda se encontra passando pela pandemia. “Talvez até lá as coisas estejam melhores, torço para que sim, mas não é correto da nossa parte deixar atletas se planejarem para algo que não é certo que vá ocorrer”, reforçou.

Os atletas que se inscreveram para competir este ano tiveram suas inscrições automaticamente transferidas para o ano que vem. Caso não possa competir em 2021, os ciclistas podem passar sua inscrição para outras pessoas ou podem solicitar que o crédito da inscrição na Ultramaratona seja transferido para a inscrição de outro evento que faça parte da Tour Bike Brasil Ride, organizados pela Brasil Ride. (BN)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui