Dólar cresce pela terceira vez consecutiva e fecha em R$ 5,46

-Foto : Marcelo Casal \ Agencia Brasil
Foto : Marcelo Casal Agencia Brasil

O dólar conseguiu alcançar a terceira alta consecutiva nesta terça-feira (22) e ficou em R$ 5,4682 na venda do mercado à vista. O avanço foi de 1,26%. Esta é a nova máxima desde 31 de agosto, quando a moeda fechou em R$ 5,4807.

“Percebemos o impacto das várias falas do banco central norte-americano [na assembleia da ONU], sinalizando que os juros podem subir antes da inflação chegar a 2% e insistindo na necessidade de medidas fiscais”, afirmou o analista da Toro Investimentos, Lucas Carvalho, à CNN Brasil. 

O Ibovespa também apresentou crescimento hoje. A repercussão da fala de Jerome Powell, chair do Federal Reserve (Fed), ajudou a bolsa brasileira a fechar no azul. A alta ficou em 0,27%, para 97.257,22 pontos.  

Em uma audiência no Congresso, Powell destacou que a economia dos Estados Unidos está em um caminho “altamente incerto”, apesar de ganhos “acentuados”. Depois disso, o dólar se fortaleceu perante o real e as bolsas norte-americanas subiram.