Dólar fecha em alta após cair 1% mais cedo

-
Foto : Marcelo Casal \ Agencia Brasil

Nesta terça-feira, 15, o dólar fechou em leve alta ante o real. Logo, abandonou a queda de mais de 1% registrada mais cedo, diante os novos desentendimentos envolvendo o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e a equipe econômica comandada pelo ministro Paulo Guedes.

A moeda americana à vista subiu 0,27%, a R$ 5,2889 na venda. Na máxima, a moeda foi a R$ 5,3007 (+0,49%), depois de na mínima (atingida ainda na primeira hora de negócios) descer a R$ 5,221, queda de 1,02%.

Na B3, o dólar futuro avançava 0,32% às 17h01, para R$ 5,2900.

Bolsa de valores:

Índice de bolsa de valores de São Paulo, o Ibovespa, a B3, fechou nesta terça-feira, 15, em leve queda, tendo trocado o sinal variadas vezes.

O Ibovespa cedeu 0,05%, a 100.219,66 pontos, de acordo com dados preliminares, após chegar a 99.646,81 pontos na mínima e a 100.949,43 pontos na máxima. O volume financeiro somava R$ 23,1 bilhões.