Fachin determina o bloqueio de R$ 1,1 milhão de Collor em investigação

-
Foto: Marcello Camargo/ Agência Brasil

O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), autorizou nesta quarta-feira, 21, o bloqueio e sequestro de R$ 1,1 milhão das contas do senador Fernando Collor (PROS) na operação Quinto Alto da Polícia Federal.

A operalçao também cumpriu um mandado de busca e apreensão em um endereço ligado a Collor, em São Paulo. As informações são da TV Globo.

A operação investiga um esquema de pagamento de propina para a liberação de licenças ambientais no Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), no Paraná. As irregularidades teriam ocorrido em 2014 e 2015.

Em uma rede social, Collor disse: “Fui surpreendido hoje com este ato inusitado. Fizeram busca e nada apreenderam, até porque não tinha o que ser apreendido. Vou tentar apurar a razão deste fato de que fui vítima. Nada tenho a temer. Minha consciência está tranquila”.