Feirenses prestam queixas na delegacia contra golpe do ‘auxílio emergencial’

-
Foto: Aldo Matos/Acorda Cidade

Dois homens compareceram na delegacia na tarde desta quinta-feira (4), onde relataram que tiveram o auxilio emergencial no valor de 600 reais usado por outra pessoa. Eles relataram que ao chegar na agência bancária ou na casa lotérica, foram informados de que outra pessoa já havia utilizado o dinheiro.

“Fui receber hoje e não tinha nada na conta. Tava na conta digital desde o dia 21, quando foi no dia 24 não tinha mais dinheiro lá. Fizeram compra no Mercado Pago e não achei mais dinheiro nenhum. Fui na Caixa Econômica e a moça falou que constava que fizeram compra com meu auxílio. Gastaram todo meu dinheiro da segunda parcela. A primeira eu recebi normal. Não retirei esse dinheiro e não sei como saiu da minha conta. Preciso do dinheiro com urgência, a primeira parcela já ajudou muito e agora preciso encher o botijão de gás e comprar comida pros meus filhos”, afirmou Fidele Caetano da Silva, 46 anos, morador do conjunto Feira X.

Pedro Roberto Costa Silva, 55 anos, morador do bairro Jardim Cruzeiro, também passou pela mesma situação. Quando chegou a casa lotérica foi informado que o dinheiro já tinha sido retirado da conta. “Fui na casa lotérica onde tirei a primeira vez e quando cheguei pra pegar a segunda parcela a mulher disse que o valor já tinha sido retirado pela conta on-line e só tinha um real na conta. Eu não tenho experiência com internet e minha situação vai ficar como? Sou ambulante, tenho 55 anos, estou sem trabalhar e esse dinheiro ia me ajudar bastante”, disse.

Em nota, a Caixa informou que tem uma equipe especializada de segurança cibernética para prevenir, monitorar e atuar em todos os incidentes de segurança. Veja abaixo a nota na íntegra:

NOTA DA CAIXA

Informamos que a Caixa tem uma equipe especializada de segurança cibernética para prevenir, monitorar e atuar em todos os incidentes de segurança, que para as instituições financeiras são diários e com processos bem estabelecidos, contando inclusive com a parceria da Polícia Federal que recebe tais informações para as investigações e intervenções necessárias. São utilizadas tecnologias de ponta para prevenir e remediar as ameaças, de forma que mantemos um altíssimo nível de segurança para os clientes e nossos serviços.

A Caixa disponibiliza orientações de segurança em seu portal da internet (http://www.caixa.gov.br/seguranca/Paginas/default.aspx) e em suas agências com o objetivo de alertar seus clientes quanto a golpes, seja por e-mails spam, sites falsos ou por telefone.

Informa ainda que, em casos de dúvidas, os clientes têm à sua disposição os canais de atendimento ao cliente Caixa, tais como SAC/Ouvidoria, 0800 ou qualquer uma de suas agências (http://www.caixa.gov.br/atendimento).

Caso o cliente desconheça operação realizada, poderá solicitar contestação. Para formalizar esse processo é preciso assinar uma solicitação e declarar seu desconhecimento da respectiva transação.(Acorda Cidade)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui