Fonte Nova, Barradão, Pituaçu e Joia vão receber jogos do Nordestão

-
Mesmo com hospital campanha, Fonte Nova vai receber jogos da Copa do Nordeste (Foto: Vaner Casaes / Ag. Bapress)

Depois de anunciar que Salvador vai sediar a reta final do Nordestão, agora clubes, Liga do Nordeste, autoridades sanitárias e CBF se preparam para definir os próximos passos e preparar a logística para a realização do torneio.

Em entrevista ao CORREIO, o presidente da Liga do Nordeste, Eduardo Rocha, explicou que uma reunião virtual entre as partes envolvidas está marcada para acontecer nesta quinta-feira (9). Neste encontro, vão ser discutidos aspectos como locais de treinamento e alojamento dos clubes. Mas ele adiantou algumas informações.

Os estádios que vão receber as partidas já estão definidos. Mesmo abrigando um hospital de campanha para o tratamento de infectados com o coronavírus, a Fonte Nova será utilizada. Além da arena, os jogos vão ser disputados no Barradão, Pituaçu e Joia da Princesa, este em Feira de Santana, que foi liberado pelas autoridades.

Já a Arena Cajueiro, que pertence ao Bahia de Feira, pode ser utilizada como local de treinamentos. A tendência é de que a cidade do interior receba dois dos 15 jogos restantes do torneio. A decisão cabe à CBF.

“Os estádios já estão definidos. São o Barradão, a Fonte Nova, Pituaçu e o Joia da Princesa, que o prefeito de Feira de Santana liberou hoje. Talvez o estádio do Bahia de Feira possa ser usado como local de treinamento para os clubes que vão ficar em Feira de Santana. Quatro equipes devem ficar alojadas lá”, explicou Eduardo.

Em relação aos protocolos de saúde, o presidente da Liga garante que as equipes vão seguir tudo que for determinado pelas autoridades. A entidade vai bancar custos com passagens, hospedagens e testes para até 26 pessoas por delegação de cada um dos 16 participantes.

Como apenas ABC e River ainda não voltaram aos treinos presenciais, Eduardo estima que os dois clubes devem chegar a Salvador antes dos demais para iniciar um período de preparação. O restante é esperado apenas dias antes do reinício do torneio, marcado para 21 de julho.

“Tem clubes que já estão treinando e é desnecessário chegar mais cedo. Outras equipes que não estão treinando, como River e ABC, vão chegar um pouco antes. Os outros vão chegar praticamente dois dias antes da partida”, explicou o dirigente, antes de continuar: 

“O limite de testagem vai ser o limite de passagens. Nós mandamos 26 passagens e vamos testar 26 pessoas. Isso inclui jogadores, comissão técnica, preparadores. Se os clubes quiserem levar mais gente, pode. Mas acima desse limite ele terá que pagar as passagens e os testes. O que passar de 26 será descontado da cota de cada clube”, disse.

Na manhã desta quarta-feira, o prefeito de Salvador, ACM Neto, afirmou que a realização de testes para o coronavírus nos jogadores antes de cada partida foi pré-requisito para a realização do torneio na capital baiana. 

“Fiz a exigência que todos os jogadores, antes de deixarem a concentração, serão testados. Conseguiremos descobrir se o jogador está contaminado ou não antes dele entrar em campo. Foi uma exigência adicional que fizemos e que foi acatada pela Liga do Nordeste e pelos clubes”, revelou o prefeito.

Com início marcado para 21 de julho, a Copa do Nordeste vai manter fórmula atual e será finalizada no dia 4 de agosto, uma terça-feira, quando o segundo jogo da final será disputado. Assim, as equipes que chegarem até a decisão vão cumprir o seguinte calendário:

– última rodada da primeira fase (21 e 22 de julho)
– quartas de final (25 e 26 de julho)
– semifinal (29 e 30 de julho)
– final (2 e 4 de agosto).

“A Bahia tem as condições necessárias, inclusive CTs para abrigar os times que vão ser adversários. Por exemplo, se o Fortaleza vier a enfrentar o Bahia, não é prudente que ele treine no CT do Bahia. Os clubes da Bahia têm equipamentos com três, quatro campos, que podem abrigar as equipes em diferentes horários. Em Feira de Santana tem o (estádio do) Bahia de Feira, o próprio Joia da Princesa, que pode ser liberado para treinos. Vamos, dentro das dificuldades, encontrar a melhor maneira de fazer as coisas. Não queremos nenhum problema com as autoridades sanitárias, governamentais, nem colocar ninguém para correr riscos”, comentou Eduardo Rocha.

Tabela e horários
Nos próximos dias, a CBF vai divulgar a tabela com as datas, horários e locais de cada partida.

Questionado se Bahia e Vitória vão poder atuar na Fonte Nova e Barradão, respectivamente, mesmo quando a tabela indique que eles são visitantes, Eduardo afirmou que em princípio não vê problema, já que as partidas serão com portões fechados, mas que o assunto é de competência da CBF.

“O critério técnico, tabela, é com o departamento de competições da CBF. Isso não é uma competência da Liga”, disse.

A Copa do Nordeste está paralisada desde o dia 17 de março, em decorrência da pandemia do novo coronavírus. Restando apenas uma rodada para o final da primeira fase, apenas Bahia e Fortaleza, ambos do grupo A, já estão classificados às quartas de final. (Correio)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui