Foragido condenado por matar policial militar em 2014 é um dos presos em operação no Nordeste de Amaralina, diz SSP

-
Polícias Civil e Militar realizam operação no Complexo de Amaralina. Equipes aéreas também monitoram a localidade. — Foto: Divulgação/SSP

Um dos homens presos durante uma operação no Nordeste de Amaralina, em Salvador, na manhã desta quarta-feira (2), participou do latrocínio do soldado Apolinário Manoel Bonfim Neto, em setembro de 2014, segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA).

Condenado a 23 anos e quatro meses pela morte do militar, o homem estava com mandado de prisão em aberto.

De acordo com a SSP-BA, equipes da Companhia de Patrulhamento Tático Móvel (Patamo) do Batalhão de Choque localizaram o foragido da Justiça, com drogas, no bairro de Santa Cruz. Ele foi conduzido para o Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco).

Durante apresentação, equipes do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), sediadas no mesmo prédio, reconheceram o homem. Conforme o órgão de segurança pública, investigadores daquela unidade, em novembro de 2014, prenderam o homem pelo latrocínio de Apolinário.

A SSP informou que o homem preso nesta quarta-feira cumpria pena, mas fugiu do Complexo Penitenciário de Mata Escura, no dia 20 de abril deste ano. Após depoimentos e exames, ele retornará para o sistema prisional, onde cumprirá o restante da pena pela morte do soldado.

Operação no Nordeste de Amaralina

Quatro suspeitos de integrar facção criminosa morreram após troca de tios com policiais, na manhã desta quarta-feira, durante operação conjunta das polícias Civil e Militar no Complexo do Nordeste de Amaralina, em Salvador. Outros três suspeitos foram presos (um deles é o homem condenado pela morte do policial).

Desde o início desta quarta-feira (2), as forças de segurança do estado ocupam a região do Complexo do Nordeste de Amaralina. Segundo a SSP-BA, os trabalhos foram ampliados para combater um grupo criminoso que atua nos bairros, na tentativa de dominar o tráfico de drogas na localidade.

Suspeitos foram detidos e encaminhados à 7ª Delegacia Territorial, no Rio Vermelho, e drogas e armas foram apreendidas.

O transporte também foi afetado na região. Os ônibus que acessam ao bairro de Santa Cruz não estão entrando no bairro. O final de linha foi direcionado para o Parque da Cidade, no Itaigara, e os acessos ao bairro estão sendo monitorados pela Polícia Militar.

(G1/Bahia)