Governo brasileiro deve mais de R$ 4 bilhões a órgãos como ONU e OMS

-
Foto: Fabrice Coffrini | AFP

O governo brasileiro desembolsou neste ano apenas R$ 15,4 milhões dos R$ 4,2 bilhões que precisaria repassar aos organismos internacionais, fundos e bancos multilaterais dos quais é membro, o que representa 0,37%. Para a Organização Mundial da Saúde (OMS) o governo deixou de repassar R$ 84,44 milhões, conforme um levantamento do Valor Econômico.

Ainda não foram repassados R$ 458,45 milhões para a Organização das Nações Unidas (ONU), R$ 28,77 milhões para a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) e R$ 90,32 milhões para a Organização Internacional do Trabalho (OIT).

O Brasil faz parte de 137 organismos internacionais, dos quais 13 missões de paz, 106 organizações intergovernamentais, 8 bancos multilaterais e 10 fundos internacionais. O Ministério da Economia afirmou que o governo federal tem trabalhado para manter as obrigações com organismos internacionais, diante de um cenário de restrição fiscal.