Ipiaú: Atividade escolar em rede municipal ironiza Bolsonaro e causa polêmica

-
Foto: Reprodução/Leitor BNews

Uma atividade escolar passada por um professor da rede municipal de Ipiaú, no sul da Bahia, tem causado polêmica. As questões, que faziam parte de um caderno de atividades pedagógicas para os estudantes do 8º ano do Colégio Municipal Ângelo Jaqueira traziam chacotas com o presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

As imagens do caderno de exercícios passaram a circular nas redes sociais nesta quarta-feira (9). Em uma das questões, uma charge ironiza: “vai um suquinho de laranja, presidente?”, em referência ao caso Fabrício Queiroz, que envolve um dos filhos do presidente, o senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ).

Foto: Reprodução/Leitor BNews

“Por ser funcionário do gabinete de Flávio Bolsonaro, filho do presidente, quando era deputado pelo Rio de Janeiro, Queiroz e considerado laranja de Flavio”, diz uma das alternativas de resposta.

Outra charge do caderno de atividades pedagógicas ironiza a figura de Jair Bolsonaro ao ilustrá-lo segurando balões de festa e dizendo: “coronavírus é fantasia, vai ter festinha do meu aniversário, taokey?”.

Nas redes sociais, apoiadores do presidente criticaram o fato e acusaram a prefeitura de Ipiaú de “doutrinação ideológica”. “Vamos compartilhar até o presidente”, escreveu um internauta.

Ao BNews, o secretário de Educação do município, Alan Márcio Vitorino, afirmou que a pasta está apurando o caso e que só depois emitirá uma opinião sobre a situação. “Não podemos cometer injustiça”, ponderou o titular da secretaria. (BNews)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui