João de Deus é internado após sentir fortes dores no peito e fadiga, diz advogado

-
Foto: Reprodução / G1

O médium João Teixeira de Faria, conhecido internacionalmente como João de Deus, foi internado nesta sexta-feira (23), na emergência de um hospital em Anápolis- GO, onde mora, após sentir fortes dores no peito e muita fadiga,  segundo o advogado de defesa. Ele cumpre prisão domiciliar após ser condenado por crimes sexuais durante atendimentos espirituais, mas nega as acusações.

Aos 78 anos, ele foi levado à emergência e passa por exames para diagnosticar o mal estar e estabilizar o quadro de saúde. “Acabamos de ser informados pela família de que João de Deus sentiu fortes dores no peito e muita fadiga. Foi encaminhado imediatamente ao hospital para diagnóstico e estabilização”, informou o advogado Anderson Van Gualberto de acordo com o G1.

João de Deus ficou preso entre dezembro de 2018 e março de 2020, no Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia. Porém, foi solto em março deste ano para cumprir a pena em regime domiciliar pelo alto risco de contágio da Covid-19 no presídio.

Dias antes de deixar o presídio, João de Deus foi levado às pressas para uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) com sintomas parecidos com os atuais, principalmente as dores no peito.

(BN)