Marcelinho diz que o Vitória precisa corrigir “desequilíbrio emocional” para sequência da Série B

-
Letícia Martins/ECV

Um dos jogadores mais experientes do elenco do Vitória, o meia Marcelinho foi o escolhido para conceder a tradicional entrevista coletiva pós treino. De acordo com o meia, o time precisa corrigir o “desequilíbrio emocional” para sequência da Série B.

“Se a gente analisar os dois times, o Ceará é um time que, eu estava dentro de campo e vi isso, estava perdendo por 2 a 0 e estava bem tranquilo. A gente com 2 a 0 não manteve o equilíbrio. Nos tornamos um time muito nervoso. Atraímos a coisa ruim para a gente. Faltou o equilíbrio porque quem estava vencendo o jogo era a gente. Foi conversado já. A gente espera corrigir essa parte. É uma competição longa, muitos jogos, pode ser estressante, mas a gente tem que ter um equilíbrio”.

Marcelinho também falou sobre a importância da partida de amanhã, contra o Paraná, líder da competição.

“Não posso nem dizer o tamanho da importância que é o jogo. A gente já vinha falando jogos atrás para ganhar para ficar no G-4. Esse então, nem se fala. Primeiro que a gente evita um concorrente subir, ficar mais isolado na frente. Segundo que a gente entra no G-4, que é o nosso primeiro objetivo, depois brigar pelo título”afirmou.

Por fim, o meia falou sobre as características do adversário e de como “driblar” os pontos fortes da equipe paranaense.

“Jogo difícil contra o Paraná. Acompanhei o jogo deles contra o Botafogo. É um time que busca pressionar muito na frente. A gente tem uma qualidade de saída de bola muito boa. A gente já trabalhou para ir preparado nessa pressão que o Paraná coloca”disse.

Vitória e Paraná entram em campo neste sábado, às 16h30, no Barradão.

(BNews)