Mesmo na pandemia, houve tensão e bate-boca em uma nova eleição do Conselho Municipal de Saúde de S. A. de Jesus

-
As novas eleitas do Conselho Municipal de Saúde: presidente Márcia Cristina Menezes e a sua vice Milena Quadros / Foto: Voz da Bahia

Na tarde desta segunda-feira (06), o CMS (Conselho Municipal de Saúde) de Santo Antônio de Jesus realizou no espaço da Paróquia da Igreja Matriz, uma nova eleição presencial para destituir a presidente Giovana Souza, empossada há 03 meses. Mesmo no período da pandemia, a reunião foi marcada por bate-boca entre os conselheiros sobre questões: “políticas, golpe e traição”.

AS NOVAS EMPOSSADAS:

Após as discursões, em entrevista ao Voz da Bahia, as novas empossadas em chapa única venceu por 14 votos. Assumiram o Conselho a presidente Márcia Cristina Menezes e a vice Milena Quadros [VEJA ELAS NA FOTO ACIMA] que negaram haver um golpe. Segundo Márcia, em todo momento a única coisa buscada foi seguir o regimento interno do Conselho e que em nenhum momento infligiram a lei. “É triste, porque foi passado para a sociedade essa situação como uma questão pessoal esse conflito, mas não é”, disse.

Márcia afirmou que em todo tempo buscou a presidente e assessoria para articular um diálogo para que viesse dar continuidade aos trabalhos, “mesmo a irregularidade que foi constatada pelo Conselho Estadual de Saúde, precisava de uma paridade e não tínhamos. Fico triste enquanto infelizmente tiver circulando em nossas veias esse atavismo político em Santo Antônio de Jesus. Eu e Márcia, com a presidente Giovana, em momento algum tivemos esse impasse, o que estão discutindo aqui é a melhoria do SUS (Sistema Único de Saúde) da cidade e seguimento do Conselho”, falou.

Assembléia para a nova eleição da presidência do CMS / Foto: Voz da Bahia

A vice eleita, Milena Quadros salientou ao Voz da Bahia que, devido à falta de participação voltada a demanda advinda da pandemia, o foco é a melhoria do SUS. “Estamos aqui voluntariamente lutando para os benefícios do SUS, nessa época de pandemia nosso foco é a população. Eu como trabalhadora de linha de frente da saúde, vejo que isso precisa ser melhorado, porque não estamos tendo a participação ativa nessa demanda da pandemia”, disse.

ADVOGADA CONTESTOU A NOVA ELEIÇÃO E DESABAFOU:

Em entrevista ao Voz da Bahia, a advogada Drª. Alexandra de Souza Barreto rebateu a eleição garantindo que houve um golpe, segundo ela, o Centro de Recuperação Aprisco entrou no Conselho querendo dá a sua contribuição e em apenas 03 meses houve resistência em busca da destituição da presidente Giovana, membros da Mesa Diretora renunciaram e o Conselho Estadual sinalizou precedência de ilegalidade.

Destituída a presidente Giovana Souza / Foto: Voz da Bahia

“Renunciaram na tentativa de dá um golpe e destituir a presidente, só que o regimento interno diz que a mesa diretora é composta por quatro: presidente, secretário e seus vices, estes últimos são figuras representativas. Apontaram o dedo na cara da presidente em total desrespeito, ela saiu de si e se retirou da reunião. Isso foi usado pelo Dr. Thenyson Reis justificando que ela era intransigente e ignorante, ele a traiu. Quanto ao secretário poderia ser eleito um em cada reunião. O Conselho Estadual disse que não é legal que isso aconteça, seria aberto um precedente de ilegalidade. Tanto é que o segmento gestão não compôs a chapa. Está que continua sendo ilegítima, eles querem levar o vício para frente, então vão trocar de novo a chave da porta do Conselho para a presidente não entrar amanhã? Vão começar a denigrir ela?”, questionou.

A advogada disse ainda que há constantes problemas sobre o atendimento dos pacientes suspeitos da Covid-19 pela gestão municipal, segundo ela, no domingo passado (05/07) foi compartilhado um vídeo em redes sociais sobre um usuário do SUS com suspeita da Covid que foi ao HRSAJ, e o instruíram a ficar em isolamento em casa, “ele disse a mim que o município não estava prestando atendimento”, expôs.

Drª. Alexandra informou a nossa reportagem, que tentou averiguar a situação juntamente com um membro do Conselho, mas não foi apoiada pelos seus componentes, “a gente como Conselheiros municipais, somos fiscalizadores e independentes e tem que ter divergência em momentos oportunos. Eu perguntei se alguém se habilitava a ir comigo, mas disseram que só iria se tivesse EPI (Equipamentos de Proteção Individual), eu disse que daria o EPI, uso minha gasolina e meu carro, só quero alguém que vá comigo. Quero saber se a gestão ou o HRSAJ (Hospital Regional) está errado, nenhum conselheiro se dispôs a sair, sendo que hoje todos saíram para uma reunião presencial”, informou.

Alexandra disse tirar o chapéu para os trabalhos de Giovana tanto como presidente, como também profissional na área de psicologia e garantiu que essa situação será resolvida de forma democrática ou jurídica, “quero que a população de Santo Antônio de Jesus saiba que esse processo é ilegal, é política dentro do Conselho, para ter negociações. Se valorizar pessoas é errado, vamos continuar com ou sem Conselho. Se esse problema não se resolver de forma democrática, vai resolver de forma jurídica. Posso lhes assegurar que ela não será destituída a menos que ela diga que não quer mais continuar”; comentou.

Foto: Voz da Bahia

SOBRE AS CRÍTICAS AO DR. THENYSON REIS:

O odontólogo Dr. Thenyson Reis que apoiava anteriormente a presidente Giovana, havia sido mencionado pela advogada sendo acusado de usar de maneira política e de traição na situação desta nova eleição. Reis respondeu ao Voz da Bahia, ao afirmar que não houve incompatibilidade com a ex-presidente, “não tem nada a ver com os profissionais e que não entende toda essa celeuma”. E completou: “A presidente no momento teve uma indisposição coletiva com os conselheiros que pediram que a trocasse, era simples eleger uma nova presidente e uma nova diretoria. Confesso que não estou entendendo toda essa celeuma. Não houve nenhuma indisposição minha com ela, estamos aqui para ajudar, não é nenhum cargo que tenha vaidade. Se está tendo essa indisposição interna é necessário fazer um rearranjo para que o conselho funcione bem. Fiquei muito satisfeito com essa nova eleição e prevaleceu a vontade da maioria dos conselheiros”, defendeu.

Reportagem e Fotos: Voz da Bahia

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui