Para Bolsonaro, Brasil ‘resgatou credibilidade lá fora’

-
Antonio Cruz/Agência Brasil

O presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), em conversa com apoiadores, afirmou nesta terça-feira, 27, que o Brasil resgatou a credibilidade internacional. Além disso, segundo ele, isso mostra que a economia está “dando certo”. Acompanhado do ministro da Economia, Paulo Guedes, o chefe do Executivo citou como exemplo de bom desempenho a geração de novos empregos.

“O Brasil é um País que resgatou a credibilidade lá fora”, disse ele.

O presidente atribuiu o desempenho econômico a atuação dos ministros das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, e da Agricultura, Tereza Cristina. “A prova tá aqui, brasileiro está vendo mais, está produzindo mais, mais emprego”, comentou com apoiadores que trabalham na produção de soja.

“Lá fora estão recomendando comprar Real”, completou.

“A economia está voltando em V como a gente achava que ia voltar”, disse Guedes. “No mês passado, como disse o presidente, (foram) 250 mil novos empregos e 300 mil novas empresas”, reforçou o ministro.

As declarações foram dadas durante cerimônia de hasteamento da bandeira.

Bolsonaro, em conversa com apoiadores, retomou críticas à política de isolamento, que, para ele, prejudicou empresas. “Empresas foram destruídas, aquela história do ‘fica em casa’”, disse.

“Lembra que eu falava que tinha que tratar do vírus e da economia? E o pessoal dando pancada em mim e ‘nhenhenehe’. Olha o problema aí. Se não é o trabalho da equipe econômica, auxílio emergencial, socorro micro e pequenas empresas, rolagem de dívidas de Estados”, afirmou o presidente.

(A Tarde)