“Precisamos retomar o turismo a partir de Porto Seguro”, diz Bacelar Filho

-
Foto: Dustavo Lima/ Agência Câmara

Para incentivar a retomada do turismo na Bahia, o deputado federal João Carlos Bacelar Filho (PL) promoveu uma visita do ministro do Turismo, Marcelo Álvaro, do presidente da Embratur, Gilson Machado Neto, e do presidente do Banco do Nordeste, Romildo Rolim, à cidade de Porto Seguro.

O objetivo, segundo revelou na manhã desta quinta-feira, 13, durante entrevista ao programa Isso é Bahia, da rádio A TARDE FM, é conseguir incentivos do governo federal e uma linha de crédito flexível e desburocratizada do Banco do Nordeste para a retomada das atividades turísticas na região, como um ponto de partida para todo estado.

Porto Seguro é uma cidade famosa pelas belezas naturais e tem um aeroporto com capacidade para 32 voos diários.

“O turismo tem um fator preponderante na economia. Infelizmente, é o primeiro a entrar em uma crise dessa e último a sair. Precisamos fazer a retomada do turismo a partir de Porto Seguro. Turismo este que está ávido para uma retomada. A cidade tem capacidade de receber voos, é preciso baixar as taxas aeronáuticas, promover um financiamento ao pequeno, médio e grande comerciante. Precisamos de crédito subsidiado, os hotéis estão com dificuldade financeira, são 52 mil leitos que estão parados”, revela Bacelar Filho.

Em busca de uma linha de crédito para a retomada das atividades turísticas na Bahia, o deputado federal do PL sentará com o presidente do Banco do Nordeste em busca de uma linha de crédito acessível e flexível para subsidiar essa retomada: “Vamos cobrar um crédito subsidiado com juros menores, sem exigência burocrática para o comerciante e o empresário que perderam uma certidão do INSS, FGTS, da Receita Federal e que está praticamente sem ter o crédito”.

Defesa de candidatura

Aliado ao governo Bolsonaro (Sem Partido) na esfera nacional e do governador Rui Costa (PT) na Bahia, o Partido Liberal (PL) pode fechar uma aliança para apoiar a candidatura do vice-prefeito Bruno Reis (DEM) à Prefeitura de Salvador.

Defensor da candidatura do ex-deputado federal Irmão Lázaro (PL), não efetivada, Bacelar Filho acredita que, em 2020, o PL tenha candidatura própria nas cidades, inclusive em Salvador. Entretanto, o deputado federal ressalta que a decisão partirá do diretório estadual, comandado pelo ex-deputado federal José Carlos Araújo, e do diretório de Salvador, dirigido pelo deputado federal Abílio Santana (PL), defensor da aliança com Bruno Reis.

“Time que não joga não ganha campeonato. Partidos só crescem com candidatura própria. Eu queria que o irmão Lázaro fosse o candidato a prefeito, para fortalecer chapa de vereadores e aumentar o partido. Partido tem que disputar eleição, se não disputar, não cresce”, explica o deputado federal do PL. (A Tarde)