Professores farão protesto contra retorno das aulas no dia 21 na rede municipal de Brumado

-
Reprodução

Em protesto contra o retorno das aulas na rede municipal de ensino de Brumado, a APLB-Sindicado está mobilizando os professores para uma carreata nesta sexta-feira, 18. O presidente interino da APLB no município, André Azevedo, explicou que a manifestação é, ao lado das iniciativas jurídicas, mais uma forma de a categoria se posicionar contra a decisão da gestão municipal.

“Somos contrários ao retorno neste momento e da forma como a prefeitura vem conduzindo o processo. Infelizmente, em Brumado, os últimos dias nos trouxeram muita preocupação. Parece que é o período mais crítico que estamos vivendo no enfrentamento à pandemia. Ao contrário do que foi colocado, não queremos ser cobaias. Queremos segurança para retornar às salas de aula”, disse o dirigente da APLB ao site Achei Sudoeste.

Após visitar as unidades escolares, segundo André Azevedo, constatou-se que nenhuma alteração foi feita nos prédios até o momento, a fim de adequar os mesmos para essa retomada. “Isso nos faz pensar que há outros interesses por trás e eu não quero entrar nesse mérito. Contamos com a credibilidade do Ministério Público e da Justiça, que, de forma imparcial, irá analisar a situação e avaliar as condições oferecidas aos professores e alunos para permanência nas escolas. Essa insistência vai trazer um transtorno muito grande para a própria prefeitura”, finalizou.

(A Tarde)