Quatro policiais são presos em nova fase de operação do MP-BA para combater milícia

-
Policiais são presos em nova fase de operação do MP para combater milícia na BA — Foto: Alan Oliveira/G1

Quatro policiais foram presos, nesta sexta-feira (27), na segunda fase da Operação Alcateia, do Ministério Público Estadual (MP-BA), para desarticular uma milícia suspeita de cometer crimes de homicídio, tráfico de drogas, organização criminosa, além de outros delitos típicos de atividade miliciana, como torturas e extorsão.

A atuação da operação ocorreu em Salvador, Camaçari e Lauro de Freitas, cidade da região metropolitana, e em Paulo Afonso, no norte da Bahia. Não há detalhes sobre em quais das cidades os policiais foram presos.

Segundo o MP-BA, durante esta sexta, foram feitas novas coletas de provas nos endereços de um oficial de alta patente, que foi afastado das funções públicas por meio de uma medida cautelar durante a primeira fase da operação, que ocorreu em outubro deste ano.

Na ocasião, cinco policiais militares foram presos e 14 mandados de busca e apreensões também foram cumpridos. Ainda de acordo com o MP-BA, nesta sexta, sete mandados de prisão temporária, cumpridos na primeira fase da operação, foram convertidos em prisão preventiva.

A operação é do M-BA, por meio do Grupo Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), do Grupo Especial para o Controle Externo da Atividade Policial (Gacep), em conjunto com a força-tarefa da Secretaria de Segurança Pública (SSP) de Combate a Grupos de Extermínio e Extorsões.

(G1)