SAJ: Coordenador da Defesa Civil fala sobre solo cedido no Cidade Nova II

-
Foto: Ascom Prefeitura SAJ

No dia (25), a Prefeitura de Santo Antonio de Jesus foi notificada sobre rachaduras no solo do Conjunto Residencial Cidade Nova II proveniente das fortes chuvas e os moradores daquele bloco foram evacuados (veja aqui).

Á rádio Recôncavo FM, coordenador da defesa civil, sargento Vinícius deu detalhes do ocorrido. De acordo com ele, com a notificação destas fendas nos fundos dos imóveis da quadra 17, foi solicitado apoio da equipe de engenharia e infraestrutura, tomando a a decisão da evacuação das pessoas (veja aqui) e que a empresa responsável pela construção realizasse uma avaliação do local e verificar as medidas que poderão ser tomadas.

“A situação é delicada, o terreno esta encharcado, há vários pontos que cederam. Não são rachaduras nas paredes, mas na base do imóvel, há um dilatamento entre a parede e o alicerce”, explicou. Toda área afetada foi coberta com lonas e isolada para evitar maiores danos.

Quanto as demais quadras, o secretário garantiu que em seus taludes há um revestimento de proteção, e lembrou que em um destes blocos um morador rompeu uma dessas proteções. “Está sendo aberta uma apuração para responsabilizar o morador por essa atitude por estar colocando em risco os moradores daquele conjunto”, disse.

De acordo com o Sargento, o solo encharcado é consequência das práticas irregulares da população ao jogar lixo em locais inadequados, “a exemplo deste local onde o talude cedeu, haviam móveis velhos, sofás, colchões, poltronas de veículos, uma série de objetos jogados que impedem que a água escoe e aumenta o risco de deslizamento”, falou.

Conforme informações da prefeitura, as famílias atingidas foram evacuadas do local, algumas foram acolhidas por aluguel social, outras foram alojadas em prédios escolares e alguns optaram em ir para a casa de parentes. O local será avaliado pelo Banco do Brasil, agência financiadora da obra, e a empresa FCK, construtora do empreendimento, que logo foram acionados.

Redação Voz da Bahia

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui