STJ autoriza transferência de Queiroz para prisão domiciliar

-
Foto : Reprodução/TV Record

O presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro João Otávio de Noronha, concedeu prisão domiciliar a Fabrício Queiroz, ex-assessor do senador Flávio Bolsonaro. As informações são do blog Radar, da revista Veja.

De acordo com a publicação, a decisão liminar, desta quinta-feira (9), foi entregue a Noronha pelo fato de ser ele o responsável pelos pedidos urgentes que chegam ao plantão da Corte. Desde a última quarta-feira (8)  o Judiciário está recesso, e os demais ministros saíram de férias.

Segundo o jornal O Globo, a mulher do ex-assessor, Márcia Aguiar, também será transferida para prisão domiciliar.

O mérito do caso ficará a cargo do ministro Felix Fischer, relator no STJ do caso das “rachadinhas” na Assembleia Legislativa do Rio (Alerj).

Queiroz está preso desde 19 de junho. Ele é investigado por participação em esquema de “rachadinha” na Alerj, quando Flávio era deputado estadual. (BNews)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui