Vereador mostrou insatisfação por não ter sido convidado a reunião do prefeito com as Polícias e ACESAJ: “medidas estão sendo tomadas sem a Câmara”

-
Vereador Policial Altemir - Foto: reprodução

Na última segunda-feira (13), o prefeito de Santo Antônio de Jesus Rogério Andrade se reuniu com as Entidades Empresariais e os chefes das Polícias Militar e Civil para tratar de medidas para coibir os frequentes arrombamentos que vem ocorrendo na cidade (reveja aqui). Em entrevista a Recôncavo FM nesta terça-feira (14), o vereador Policial Altemir Dias (PTN) falou sobre o pedido de vistas do seu colega o vereador Francisco Damasceno, popular Chico de Dega (DEM) ao projeto de auxílio aos motoristas de transporte escolar e, além disso, reclamou sobre não ter sido convocado para a reunião com a gestão para tratar sobre a segurança pública no município.

Sobre o auxilio aos motoristas de transporte, para o Policial deveriam ser incluídos outras categorias neste projeto, a exemplo dos taxistas que estão em dias com o município, “pois eles também estão sendo bastante afetados pela pandemia do novo coronavírus”, alertou.

O vereador Altemir ainda alegou não ter sido convidado para a reunião com empresários e os agentes de segurança pública. Segundo ele, por ser atuante e conhecedor desta área deveria ter sido ao menos informado, “não fui informado e nem convocado para essa reunião sobre segurança pública da cidade. Então vocês tem que saber do prefeito porque eu, que componho a segurança, não fui convidado, acho que pelo menos deveria ter sido comunicado”, disse.

Altemir expôs ainda que medidas estão sendo tomadas sem a Câmara de Vereadores e sobre essa reunião, segundo ele, mais uma vez o legislativo ficou de fora.

Redação Voz da Bahia

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui