Vitória da Conquista: Homem é flagrado tentando fugir após romper tornozeleira eletrônica

-
Foto: Divulgação / PRF

Um homem de 29 anos, com carteira de identidade falsa, foi preso dentro de um ônibus, no km 830 da BR-116, trecho no município de Vitória da Conquista, por romper a tornozeleira eletrônica que usava, violar a condicional e tentar fugir, na tarde desta terça-feira (11). As informações são do portal Achei Sudoeste.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a situação aconteceu por volta das 16h20, enquanto os agentes faziam fiscalização no ônibus. Eles solicitaram documentos dos ocupantes para consultar no sistema da PRF, quando perceberam o nervosismo do homem. Durante a checagem de documentos, os policiais rodoviários identificaram que a carteira de identidade dele era falsa, com a foto dele, mas com nome de outra pessoa.

Ao ser questionado pelos agentes, ele confessou que usava documentação falsa porque “temia pela própria vida”. Ainda segundo a PRF, o homem disse que ele havia sido condenado por homicídio e chegou a cumprir nove meses de prisão, quando recebeu o benefício da saída com o uso obrigatório da tornozeleira eletrônica. Ele teria rompido o aparelho por medo de ser morto e estava tentando fugir.

O homem também disse que comprou os documentos falsos em São Paulo e que pagou R$ 120. Com ele, a PRF apreendeu um CPF e uma CNH, que também tinham indícios de falsificação. Ele foi levado para a Delegacia de Polícia Judiciária e deverá responder por uso documento falso e falsidade ideológica. (BN)