Empresário faz outdoor para “ladrão amigo” após prejuízo de R$ 7 mil

Foto: Divulgação

O dono de uma madeireira em Lorena, no interior de São Paulo, cansou de ser vítima de furtos seguidos nos últimos dez meses de 2021. Após registrar seis boletins de ocorrência na polícia, que não evitaram novos roubos, o empresário João Benedito Toledo, de 60 anos, publicou um outdoor com um aviso ao “ladrão amigo”.

No cartaz, que segue exposto na cidade paulista, o empresário escreveu um aviso: “Peço ao amigo ladrão que, por favor, pare de nos roubar! Pois não temos mais condições de arcar com os prejuízos causados por você. Obrigado. Fique com Deus”.

Os últimos três assaltos à Madeirama aconteceram em apenas 15 dias e renderam um prejuízo de mais de R$ 7 mil a Benedito. Os materiais de construção não foram roubados, mas os bandidos furtaram computadores, equipamentos de proteção (EPIs), cabos do maquinário, fiação elétrica, ferramentas e outros objetos.

“O intuito foi mostrar para a população e as autoridades em geral o que está ocorrendo em nosso estabelecimento. Foi registrado o boletim de ocorrência, mas os crimes continuaram, não obtemos nenhuma resposta”, diz o empresário.

Câmeras de segurança instaladas

Depois de publicar o outdoor para o ladrão, o dono da madeireira instalou câmeras de vigilância e alarmes para proteger o seu patrimônio e evitar futuros prejuízos. Ele não dispunha dessa segurança antes dos furtos, mas se viu obrigado a investir nos equipamentos.

Os últimos furtos aconteceram nos dias 25 e 31 de agosto, ou seja, seis dias de diferença entre eles. Os ladrões quebraram vidros, reviraram o escritório e furtaram tudo que conseguiram. No dia 6 de setembro, após ter realizado os boletins de ocorrência na delegacia de Lorena, o empresário foi mais uma vez vítima do criminoso.

Apesar dos registros de ocorrência na Polícia Civil, o empresário do outdoor não conseguiu recuperar nada do que foi furtado. De acordo com a polícia, nenhum suspeito foi detido. A Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo afirmou que segue fazendo buscas para identificar o ladrão e que irá reforçar a segurança da região. (Metrópoles)