Brasil está a um milímetro do colapso, e nem doente em hospital será socorrido, diz Mandetta

Foto : Isac Nóbrega/PR

O ex-ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, disse à coluna de Mônica Bergamo, na Folha, que o Brasil já vive o caos no sistema de saúde, com mortes por desassistência, e está a um milímetro do colapso, que é quando mesmo quem está dentro de hospitais não consegue ser socorrido. O cenário pode ocorrer por falta de anestesia, de oxigênio e de outros insumos, como o que aconteceu em Manaus.

Segundo o ex-ministro, em saúde pública, o sistema de saúde bom é uma utopia: os pacientes sempre têm alguma frustração. O sistema que funciona a contento é, portanto, considerado regular.

O cenário atual é de caos, de acordo com Mandetta: os hospitais funcionam e atendem quem consegue uma vaga, mas muita gente fica do lado de fora e morre antes de chegar a receber socorro. Depois do caos vem o colapso, o que pode ocorrer com a falta de medicamentos em todo o país. Ele atingirá a todos, dentro e fora de hospitais, sem distinção. (Metro1)