Brasil tem segunda maior concentração de renda do mundo, atrás do Catar

0
73
-Foto: Divulgação/FGV
Foto: Divulgação/FGV

A segunda maior concentração de renda do mundo é a brasileira, aponta o ranking de desenvolvimento humano das Nações Unidas, divulgado nesta segunda-feira (9).

No quesito, o país perdeu 23 posições – ao cair de 0,761 para 0,574 – e está à frente apenas do Catar. A parcela dos brasileiros 10% mais ricos concentra 41,9% da renda total da nação – a fatia dos 1% mais abastados fica com 28,3% da renda.

Conforme o ranking, o país que menos perde por causa da desigualdade é o Japão, cujo IDH é de 0,915.

O relatório apresenta o IDH de 2018 para 189 países e territórios. O número é calculado com base em indicadores de saúde, educação e renda. (Bahia Notícias)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui