Conselho federal de enfermagem aponta que 31.583 profissionais foram afastados por suspeita de Covid-19

-
Agência Brasil

O Conselho Federal de Enfermagem (Cofen) apontou que, desde o início da pandemia do novo coronavírus no Brasil até agora, 31.583 enfermeiros, técnicos e auxiliares já foram afastados das funções por suspeita de Covid-19, sendo que deste total 21.524 tiveram o diagnóstico positivo para a doença, e 219 morreram.

De acordo com a entidade, segundo afirmou a colunista Mônica Bergamo da Folha de S. Paulo, há um déficit de 22.801 profissionais da área nos serviços de saúde do país. O órgão ainda contabilizou 8.261 denúncias de falta de equipamentos de segurança individual para profissionais nos locais de trabalho. (BNews)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui