Cris Cyborg tenta reabilitação no UFC contra Felícia Spencer

-
Imagem: Divulgação

Depois de sofrer sua segunda derrota na carreira, diante da baiana Amanda Nunes, o primeiro revés dentro do Ultimate Fighting Championship (UFC), Cristiane Justino, a Cris Cyborg, tentará sua reabilitação dentro da categoria. Na madrugada deste domingo, 27 a curitibana radicada nos Estados Unidos enfrentará a canadense invicta na modalidade, Felícia Spencer, pelo UFC 240, em Edmond, no Canadá.

Em coletiva realizada na terça-feira, 23, Cyborg garantiu foco total na luta, mas evitou comentar sobre sua última adversária. No entanto, foi inevitável fugir dos questionamentos que pairaram sobre a possibilidade de uma revanche no embate que marcou a perda do cinturão da categoria peso-pena para a lutadora.

“Na verdade, todas as vezes em que vou lutar, sempre me preparo bem e deixo nas mãos de Deus. Aquela noite não saí com a vitoria, mas acredito que Deus tenha me usado para abençoar a Amanda. Não guardo nada da luta passada, o passado ficou pra trás. Agora é sábado, focar na Felícia e, quem sabe, nas próximas oportunidades”, frisou.

Após o confronto, o contrato da brasileira com o UFC se encerrará, o que deve gerar rumores para uma possível não renovação. “Eu não tô pensando em nada no momento de agora sobre proposta, tô focada mesmo no sábado. A partir daí, quando eu tiver oportunidades, com certeza vou poder esclarecer mais pra vocês”.

Com o contrato chegando ao fim, as duvidas sobre a lutadora não se limitam somente à uma mudança de evento. Entre os boatos, existem aqueles que acreditam, inclusive, em uma aposentadoria da lutadora. Situação que ela fez questão de desmentir durante a entrevista.

“Eu sempre fui atleta. Sempre gostei de competir. É um trabalho em que você tem que saber o momento que não vai lutar mais e trabalhar de outra forma. Quero lutar, continuar lutando. Não tenho nenhuma lesão (…) E me vejo mais uns cinco anos lutando”, contou Cyborg.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui