Cruz das Almas: Homem é picado na boca após tentar beijar uma jiboia e deixa médicos nervosos ao levar animal para UPA

Foto: Reprodução

Um homem identificado como “Tuca Seco” levou nesta segunda-feira (19), uma Jiboia viva na Unidade de Pronto Atendimento de Cruz das Almas. O mais inusitado vem a seguir: a vítima foi mordida na boca após tentar beijar o animal.

Segundo informações da unidade, os profissionais de saúde ficaram nervosos quando viram o animal nas mãos da vítima, que após muita insistência deixou a cobra de aproximadamente 2 metros no jardim da UPA.

Prepostos da Secretaria de Meio Ambiente da cidade fizeram o resgate do animal para devolver à natureza.

Cuidados ao ser picado por cobra

De acordo com o Corpo de Bombeiros, a orientação para quem é picado por uma cobra é, se conseguir, levá-la viva ao hospital para facilitar o atendimento e a identificação de qual soro usar. No entanto, de acordo com a corporação, é raro que alguém consiga fazer essa captura e transporte, até porque não é recomendado que se tente fazer isso sem experiência, cuidados e equipamentos adequados.

Os bombeiros alertam que essa captura precisa ser feita com segurança para evitar novos acidentes, por isso, sempre que se deparar com uma situação semelhante, a população deve ligar para o 193.

Confira todas as recomendações dos bombeiros em caso de picada de animais peçonhentos:

  • Lave o local da picada com água e sabão. Não use nenhum outro tipo de substância, como folhas ou pó de café, por mais que você tenha ouvido dizer que irá ajudar;
  • Chame socorro imediatamente ou, se não houver serviço de resgate no local, leve a pessoa até o atendimento médico o mais rápido possível;
  • Nesse meio tempo, mantenha o paciente deitado e hidratado;
  • Se for possível, leve a serpente para agilizar a identificação do soro específico.

Redação: Voz da Bahia