Cúpula do Clima: Bolsonaro diz que Brasil eliminará desmatamento ilegal até 2030

Foto: Divulgação

O presidente Jair Bolsonaro defendeu a política ambiental do governo brasileiro na cúpula do clima, evento organizado pelo governo dos Estados Unidos. Em seu discurso, Bolsonaro afirmou que o Brasil terá sua neutralidade climática até 2050. “Nesse sentido, determinei que nossa neutralidade climática seja alcançada até 2050, antecipando em 10 anos a sinalização anterior. Entre as medidas necessárias para tanto, destaco aqui o compromisso de eliminar o desmatamento ilegal até 2030, com a plena e pronta aplicação do nosso Código Florestal. Com isso reduziremos em quase 50% nossas emissões até essa data”, disse.

Bolsonaro detalhou ainda as metas do Brasil para ajudar no combate à mudança climática. “À luz de nossas  responsabilidades comuns, porém diferenciadas, continuamos a colaborar com os esforços mundiais contra a mudança do clima. Somos um dos poucos países em desenvolvimento a adotar e a refirmar a NDC transversal e abrangente, com metas absolutas de redução de emissões, inclusive para 2025, de 37%, e de 40% até 2030”, afirmou o presidente na cúpula.

Bolsonaro pediu também que o Brasil seja recompensando por sua participação na defesa do meio-ambiente. “É preciso haver justa remuneração pelos serviços ambientais prestados por nossos biomas ao planeta como forma de reconhecer o caráter econômico das atividades de conservação”. (Isto é)