Em dia de saque do Auxílio Emergencial, filas enormes são registradas em agências da Caixa de Salvador e interior da Bahia

Foto: Naiá Braga/TV Bahia

Baianos formaram, mais uma vez, imensas filas nas agências da Caixa Econômica Federal, em Salvador e no interior do estado, na manhã desta terça-feira (28). A maior parte está em busca do saque do auxílio emergencial do governo federal, de R$ 600.

Em Salvador, imensas filas foram registradas no Largo do Tanque, Liberdade e em Periperi. No Largo do Tanque, quando os portões abriram, houve uma discussão entre um idoso que não conseguiu entrar na agência e um funcionário.

O idoso alegou não conseguir atendimento na segunda-feira e voltou à agência nesta terça, mas a prioridade é para os beneficiários que fazem aniversário em março e abril, conforme detalhado no calendário de saques da Caixa. [Confira calendário abaixo]

Em Periperi, algumas pessoas revelaram estar nas proximidades da agência da Caixa do bairro, desde a madrugada. Aglomeradas, as pessoas não mantiveram a distância solicitada neste período de pandemia de coronavírus.

No oeste da Bahia, uma imensa fila se formou em uma agência no centro de Barreiras. Já em Feira de Santana, cidade a cerca de 100 km de Salvador, um homem improvisou uma cama com um papelão para dormir na fila.

Em Itabuna, duas agências da Caixa estão em funcionamento para atender ao público, mas ainda assim, as filas nas agências são enormes. Na cidade do sul da Bahia, um funcionário da Caixa explicou a população que não há necessidade de filas, já que o auxílio será pago conforme o calendário organizado pelo mês de aniversário do beneficiário.

Após a explicação, algumas pessoas deixaram a fila em uma das agências de Itabuna.

Na segunda-feira (27), a Caixa Econômica Federal começou a liberar saques em dinheiro para os beneficiários que estão recebendo o auxílio emergencial do governo federal por meio da Poupança Social Digital.

Esses depósitos foram feitos para os beneficiários que não recebem Bolsa Família e que não possuem conta em outro banco.

A liberação de saques em dinheiro segue um calendário que depende da data de nascimento do beneficiário, que vai desta segunda até 5 de maio.

Para quem ainda não teve o saque liberado em dinheiro, mas já teve a quantia depositada na poupança digital, os recursos podem ser usados de forma digital, para o pagamento de faturas ou usando código de barras, e para transferência para contas de outros bancos.

A limitação só vale para quem está recebendo o auxílio pela poupança digital criada pela Caixa. Quem indicou conta bancária anterior ou vai receber os R$ 600 em substituição ao Bolsa Família não tem restrição para saque.

Confira o calendário de saques:

  • 27 de abril: pessoas que nasceram em janeiro e fevereiro
  • 28 de abril: nascidos em março e abril
  • 29 de abril: nascidos em maio e junho
  • 30 de abril: nascidos em julho e agosto
  • 4 de maio: nascidos em setembro e outubro
  • 5 de maio: nascidos em novembro e dezembro

Como sacar

Os trabalhadores poderão sacar o auxílio nos caixas eletrônicos e casas lotéricas de todo o país, sem a necessidade de usar um cartão. Porém, será preciso solicitar a retirada por meio do aplicativo Caixa TEM. Até o momento, não foi informada nenhuma outra forma de solicitar o saque. (G1)