Em nota, HRSAJ desmente denúncia da prática de assédio moral para com funcionários

Foto: Divulgação

O HRSAJ (Hospital Regional de Santo Antônio de Jesus) possui atendimento 24 horas para pacientes do município e de quase 30 cidades da região. Nesse período de pandemia, vem atendendo diariamente diversos pacientes com Covid-19. O HRSAJ envia uma nota ao Voz da Bahia vindo a desmentir uma queixa de assédio moral por um suposto colaborador nas redes sociais.

Um possível funcionário que não quis se identificar, entrou em contato com Voz da Bahia e revelou denúncias sérias. O mesmo releva que os colaboradores vem sofrendo sobrecargas nos atendimentos, além de serem obrigados a tratar pacientes contaminados e outros não, simultaneamente. “Somos humilhados, cobrados a todo tempo. Atualmente trabalhamos em uma escala de 12 horas, onde estamos durante todo esse tempo dentro do hospital, com excesso de trabalho, chegando a 10 pacientes para cada profissional, em qualquer setor. Somos obrigados a assumirmos frequentemente 2 setores (por várias vezes, o setor COVID e Pediatra, sendo fonte de transmissão da doença) e também a dobrar nos plantões”, revela.

Ainda na denúncia, o suposto funcionário revela que os profissionais que possuem mais anos de trabalho dentro da instituição, são obrigados a pedir demissão devido a escala reduzida, além de descontos excessivos no salário, “em nosso salário, são descontados todos os meses valores que as explicações são inaceitáveis; funcionários com anos de serviços são colocado na parede para pedir demissão, pois com a escala de 12 horas de trabalho os gastos triplicaram, além de não recebermos vale transporte”, diz.

Hospital Regional de Santo Antônio de Jesus (HRSAJ) rebate acusações:

Procurados pela reportagem do Voz da Bahia, a assessoria de comunicação do Hospital Regional de Santo Antônio de Jesus (HRSAJ) informou em nota que a instituição de saúde atua em conformidade os Conselhos de Sindicatos Regionais Nacionais e como com o Ministério do Trabalho e todas as leis vigentes.

Ainda em nota, o HRSAJ garante que não há nenhum contato de colaboradores da área da Covid-19 com a pediatria.

A nota finaliza afirmando que a Unidade dispõe de comunicação direta com as lideranças e equipes e sempre esteve à disposição para diálogos com todos os colaboradores.

Confira a nota na integra:

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL
HOSPITAL REGIONAL DE SANTO ANTÔNIO DE JESUS
17/03/2021

NOTA DE ESCLARECIMENTO

A respeito de denúncia recebida através do veículo Voz da Bahia nesta quarta-feira (17), informamos que o Hospital Regional de Santo Antônio de Jesus (HRSAJ) atua em conformidade com os Conselhos e Sindicatos Regionais e Nacionais, assim como com o Ministério do Trabalho e todas as Leis vigentes, especificamente no que se refere a carga horária, alimentação e vale-transporte.

São infundadas as informações de que os profissionais sofrem humilhações e de que existem descontos indevidos nas folhas salariais. O Departamento Pessoal da unidade encontra-se, de segunda a sexta, disponível para esclarecimentos de dúvidas. Garantimos, ainda, que nenhum colaborador da área COVID e Pediatria atuam, simultaneamente, em ambas as áreas.

Como parte da filosofia de gestão do Instituto Fernando Filgueiras, buscamos a motivação e valorização diária de todos os nossos colaboradores. O HRSAJ dispõe de comunicação direta com as lideranças e equipes e sempre esteve à disposição para diálogos com todos os seus colaboradores.

Permanecemos, desta forma, de portas abertas aos colaboradores para maiores esclarecimentos.

Atenciosamente,
Assessoria de Comunicação
HRSAJ

Reportagem: Voz da Bahia