Em sua posse como novo secretário de agricultura, Có elogia as gestões do prefeito e do presidente da Câmara de S. A. de Jesus

Posse do ex-vereador Marcos Có na secretaria de agricultura de Santo Antônio de Jesus / Foto: Voz da Bahia / Dui, Marcos Có e Rogério Andrade

O ex-vereador Antônio Marcos Lessa, conhecido por Marcos Có (PPS), assumiu oficialmente nesta quinta-feira (16) a secretaria de agricultura de Santo Antônio de Jesus. A cerimônia que aconteceu na SEFAZ (Secretaria da Fazenda) do município contou com a presença do prefeito Rogério Andrade (PSD), de Maria de Fátima Souza, Fátima do Benfica (PSB), que agora ficará a frente da secretaria de Meio Ambiente, e de alguns vereadores, inclusive com a presença de Durval Souza, o Dui (PPS), que assumirá cadeira de Có na Câmara de Vereadores.

TRAJETÓRIA:

Durante a cerimônia, Có relembrou brevemente as trajetórias de sua vida, começou citando seu primeiro mandato com apenas 21 anos, “eu quero agradecer ao prefeito pela oportunidade de fazer parte desta gestão, e quero dizer que é do nosso perfil nos esforçarmos. Eu comecei minha vida pessoal cedo, trabalhei muito cedo, graças a Deus casei cedo, e fui vereador cedo, com 21 anos”, relatou.

ELOGIO A GESTÃO:

Ele que era vereador da situação, e agora está diretamente ligado à gestão Rogério Andrade elogiou o prefeito e seus colegas secretários,  “é publico e notório, que se a gente para na gestão para poder falar das ações de todas as secretarias, se percebe que para dois anos e meio de mandato muita obra tem acontecido. Então, temos que realmente chegar e levar o povo à realidade porque algumas pessoas não querem ajudar, mas querem atrapalhar”, opinou Có.

Assinatura do prefeito Rogério Andrade dando posse aos novos secretários do município de Santo Antônio de Jesus / Foto: Voz da Bahia

“CÂMARA MAIS ATUANTE”:

O agora secretário da agricultura, que já esteve como vereador durante seis mandatos, disse que durante todo o seu período ocupando uma cadeira na Casa Legislativa, jamais presenciou uma Câmara de Vereadores tão ativa, “na minha avaliação foi a Câmara que mais produziu, não desvalorizando as Câmaras passadas, mas, na minha opinião a Câmara atual foi a que mais trabalhou em relação aos projetos, requerimentos. Os vereadores têm se esforçado muito em prol da comunidade. Foi a Câmara que mais produziu.”, ressaltou.

Reportagem e Fotos: Voz da Bahia