Feira de Santana: Mau cheiro em aterro sanitário municipal incomoda moradores

-
Foto: Sustentare Saneamentos S/A

Moradores do bairro Gabriela e localidades vizinhas ao aterro sanitário de Feira de Santana reclamam do cheiro do local. De acordo com o blog do Velame, nos últimos meses, as máscaras obrigatórias para proteção contra a Covid-19 também tem protegido a população do mau cheiro. 

À reportagem do Velame, um morador da região afirmou que o cheiro incomoda muito e a situação tem piorado. “Nos últimos meses a gente vem sofrendo bastante com este chorume e o odor que ele causa, que não deixa a gente nem dormir”, disse. 

O morador ainda denuncia, de acordo com a matéria, a falta de ações das autoridades para resolver o problema. “A gente precisa de políticas públicas que pensem na população e não apenas na estética da cidade. As autoridades falam tanto do projeto Novo Centro e esquecem dos bairros que estão além do anel de contorno, como Gabriela, Campo Limpo, Campo do Gado e Pampalona. Estes lugares estão sendo afetados demais com o mau cheiro do lixão”, disse o morador.

Conforme a reportagem, o secretário de Serviços Públicos, Osvaldo Torres Neto, informou que o período chuvoso contribui com a quantidade de chorume, além de que a incidência dos ventos podem estar levando o mau cheiro aos bairros. Segundo Torres, a empresa Sustentare Saneamento S/A, responsável pelo aterro, informou que é uma situação pontual e momentânea. Ainda de acordo com o secretário, é a primeira vez que moradores relatam este problema. (BN)