Festa da Lavagem do Bonfim será vista pela internet e com mudanças

Foto: Uendel Galter

Hoje, segunda 5ª-feira de janeiro, seria o dia da Lavagem do Bonfim, uma das maiores manifestações religiosas do País e que movimenta milhares de baianos em direção à Colina Sagrada. Mas, este ano, em meio à pandemia de Covid-19, a data será festejada de forma diferente. A programação da festa não inclui o cortejo nem a lavagem das escadarias da igreja, e prioriza a proteção dos fiéis. O evento será visto pela internet e os organizadores terão de obedecer a protocolos de segurança sanitária. Em 2021, a maior demonstração de amor e solidariedade será ficar em casa. “Quem tem fé fica em casa” é a recomendação este ano.

Em tempos de pandemia, fugindo do habitual, é o Senhor do Bonfim que sairápelas ruas da cidade para levar aos fiéis esperança, paz consolo, paz e confiança. Hoje, a imagem peregrina do Senhor do Bonfim sairá em carro aberto percorrendo o trajeto que vai desde a av. Sete de Setembro até a Basílica de Nossa Senhora da Conceição da Praia. A partir daí, faz o caminho tradicional da lavagem, até a Basílica do Senhor do Bonfim.

De acordo com o pároco da Igreja do Bonfim, Edson Menezes da Silva, serão realizadas duas missas: às 7h20 e às 18h. Os fiéis poderão assistir a tudo pelas redes sociais da paróquia. “A basílica estará fechada o dia inteiro. Somente a imagem será colocada no adro da igreja”, afirmou o padre Edson. Uma operação especial da Prefeitura do Salvador também fechará o acesso à Colina Sagrada.

A Superintendência de Trânsito de Salvador (Transalvador) não fará a interdição das vias por onde a imagem do Senhor do Bonfim passará, mas os acessos à Colina Sagrada estarão bloqueadas, e apenas carros oficiais e de imprensa terão acesso ao local, quando identificados. Ficaproibido o uso da Zona Azul entre a Ladeira do Bonfim e a rua Teodósio Rodrigues de Faria. Cerca de 80 agentes da Guarda Civil Municipal (GCM) atuarão na região. (A Tarde)