Frio em São Paulo mata 16 pessoas que viviam em situação de rua

ROBERTO CASIMIRO/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO

A onda polar que gerou um frio recorde em São Paulo já vitimou 16 pessoas em situação de rua da capital paulista, segundo divulgação do Movimento Estadual da População em Situação de Rua de São Paulo (MEPSR-SP) nesta sexta-feira (30). O dado representa o acumulado registrado desde o final de junho.

O óbito mais recente foi na manhã desta sexta, na Praça Oswaldo Cruz, na Bela Vista, região central, às 7h40. A vítima é Luiz Roberto Pinheiro Dorsa, de 37 anos. O caso foi registrado no 78ºDP, nos Jardins, como morte suspeita.

Nesta madrugada, a cidade de São Paulo registrou a sua menor temperatura de 2021, com média mínima de 3,2 °C e temperatura mínima absoluta de – 3 °C em Engenheiro Marsilac, no extremo sul da cidade. Esta foi ainda, a madrugada mais fria em São Paulo desde 2004. (Bahia.Ba)