Jacobina: Líder religioso é preso por violência sexual

As mães das adolescentes denunciaram o crime em abril. Vítimas foram encaminhadas para atendimento psicológico

Policiais da 16ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin), de Jacobina, cumpriram o mandado de prisão, na quarta-feira (27), do pastor de uma igreja, acusado de cometer violência sexual contra duas adolescentes, naquele município, em fevereiro deste ano.

Segundo o coordenador da Coorpin, delegado Antônio Eduardo Brito, as denúncias chegaram à unidade, em abril. “As mães das vítimas fizeram a acusação. Imediatamente instauramos o inquérito policial e solicitamos a prisão do autor à Justiça”, informou.

Conforme apurado nas investigações, os abusos ocorreram quando as duas garotas estavam na casa do autor. “Ele se aproveitou da confiança das mães, pelo fato de ser um líder religioso, e cometeu os crimes. A prisão foi decretada esta semana, quando levantamos a sua localização e cumprimos o mandado”, complementou o delegado. O homem está preso à disposição da Justiça e as vítimas foram encaminhadas para atendimentos psicológicos. (bahia.ba)

Veja mais notícias no vozdabahia.com.br e siga o site no Google Notícias