Justiça barra campanha do governo contra isolamento social

-
Foto : Reprodução/YouTube

A Justiça Federal do Rio de Janeiro proibiu, por meio de liminar, que seja veiculada em meios de comunicação a campanha do governo federal “O Brasil não pode parar”, que defende suspensão do isolamento social, adotado para combater a pandemia do novo coronavírus no país.

A determinação assinada pela juíza Laura Bastos Carvalho, do plantão judiciário, atende pedido de ontem (27) do Ministério Público Federal (MPF). Com a decisão, fica barrada a propaganda do governo de Jair Bolsonaro, a menos que seja comprovado embasamento técnico do Ministério da Saúde e científico. 

A Justiça argumenta que a campanha põe em risco o direito constitucional da população à saúde e que sua veiculação pode provocar um colapso da rede de saúde. Em caso de descumprimento, a multa definida foi de R$ 100 mil.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui