Laje e Aratuípe tem atendimento suspenso na Policlínica de SAJ por falta de repasse, diz diretor

0
491
-
Rui Tourinho, diretor da Policlínica Regional de Santo Antônio de Jesus / Foto: Voz da Bahia

O diretor executivo da Policlínica Regional, Rui Tourinho, em entrevista ao repórter Reginaldo Silva falou sobre a suspensão nos atendimentos do órgão de saúde em dois municípios por falta de repasse do convênio, “hoje nós funcionamos com 28 cidades sendo que duas estão em inadimplência, por isso os atendimentos foram suspensos para a população. Um desses já nos procurou e estamos tentando equalizar essa situação”, disse.

Ainda em entrevista, o diretor afirma Laje e Aratuípe já foram notificados e publicados no Diário Oficial, “os mesmos já estão cientes das informações. Aratuípe já nos procurou e estamos tentando regularizar, até porque eles também têm um valor a receber da Secretaria de Saúde do Estado e necessita desse pagamento para que eles possam regularizar conosco e voltar a receber os atendimentos. Contudo, Laje ficou de nos procurar, mas e até o momento estamos aguardando”, explicou.

Rui ressalta que o Estatuto rege que o município pode ficar até 3 meses na inadimplência, após isso ele deve ser notificado e suspenso, “essas duas cidades não fizeram nenhum repasse desde a inauguração da Policlínica até o dia da suspensão, ou seja, antes da Policlínica fazer um ano elas já foram suspensas”, enfatizou.

Redação Voz da Bahia

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui