Moradores de Morro de São Paulo denunciam movimento de turistas sem máscaras

Morro de São Paulo

Moradores de Morro de São Paulo, que fica na Ilha de Tinharé, na cidade de Cairu, denunciam a presença de turistas sem máscaras no distrito. Os moradores também reclamam da falta de fiscalização, para coibir a falta do uso do equipamento de proteção.

As imagens gravadas em Morro mostram turistas aglomerados em vários pontos do distrito, circulando na praia e em praças sem máscara. Também nos vídeos é possível ver que as pessoas desembarcam na cidade já sem usar a proteção.

Em outros vídeos, um agente de fiscalização aparece abordando os turistas e pedindo o uso da máscara. Segundo o prefeito de Cairu, Hildécio Meireles, a fiscalização está sendo intensificada principalmente nos períodos de feriado.

“Nós continuamos preocupados e vamos intensificar cada dia mais as nossas ações, sobretudo nesses períodos de feriados longos, como aconteceu há 15 dias. Nós implementamos medidas mais restritivas, e assim faremos também no próximo feriadão que é o São João, que ocorrerá na semana que vem”, disse o prefeito.

Ainda segundo Hildécio, a prefeitura tem um programa de conscientização de moradores e turistas para reforçar a importância do uso das máscaras.

“Tivemos um programa de conscientização da população, de turistas também, aumentamos o nosso número de fiscais em todas as localidades do município, distribuímos mais de 50 mil máscaras para moradores e turistas. Criamos e implementamos a busca ativa de pacientes sintomáticos. Nós estamos tomando todas as medidas possíveis e capazes de conter e controlar o coronavírus, de modo que nossos números não são alarmantes”, disse.

Para o feriado prolongado do São João, o prefeito informou que vai seguir o decreto estadual, que proíbe a circulação de transportes intermunicipais e a venda de bebidas alcoólicas.

“Para o São João, nós iremos seguir o decreto do governo do estado. Nós temos aí a proibição de transportes intermunicipal, que funcionou bem no feriado de semana santa e a gente espera que funcione bem desta vez, nesse feriado longo que é o São João. Vamos seguir o decreto do governador, de suspender a venda de bebidas alcoólicas no município, são essas medidas que a gente pretende adotar para restringir e controlar o índice de contaminação da Covid-19”. (G1)