Óleo no Nordeste abre crise entre Procons sobre adiamento de viagens

0
81
-
Foto: Divulgação/Limpurb

O óleo no Nordeste gerou uma crise entre o Procon de São Paulo e os órgãos de defesa do consumidor dos estados que tiveram praias afetadas, informa a coluna Painel S. A., do jornal Folha de S. Paulo. Segundo a publicação, depois que a entidade paulista lançou campanha, nesta semana, orientando viajantes a procurarem empresas aéreas e hotéis para adiar seus passeios, Procons nordestinos reagiram.

“Não há qualquer publicação de autoridade ambiental e sanitária que declare o litoral impróprio para banho”, disseram os órgãos locais em carta conjunta.

- Anúncio -

Ainda de acordo com a coluna, A despeito do posicionamento das entidades locais, os estados de Bahia e Sergipe decretaram situação de emergência para direcionar recursos aos municípios atingidos.

A nota assinada por 22 Procons do Nordeste diz que não é possível ter cancelamento sem multa se não houver “nexo de causalidade” com o serviço contratado, ou seja, as empresas não teriam obrigação de postergar viagens.

(Bahia.Ba)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui