Presidente da CBF propõe criação de associação de futebol para países de língua portuguesa

Foto: Divulgação

O presidente da CBF, Ednaldo Rodrigues, propôs a criação de associação de futebol com o objetivo unir países de língua portuguesa. A proposição foi feita nesta sexta-feira (20), em Lisboa, capital de Portugal.

A futura entidade já tem um nome: União dos Países da Língua Portuguesa no Futebol (UPLP), uma associação de caráter global, que tem como objetivo projetar internacionalmente uma identidade luso-afro-ásio-brasileira respaldada em dois elementos culturais: futebol e a língua portuguesa.

“É gratificante participar de um momento como esse. A língua portuguesa é uma das maiores riquezas de nossa cultura e é um grande fator de união entre todas essas nações. Queremos estreitar esses laços que já temos pela língua, para caminharmos juntos no desenvolvimento de nossas federações”, destacou Ednaldo Rodrigues, que completou. “O futebol, como a língua, é uma importante ferramenta para a união entre os povos. E é nesse sentido que queremos trabalhar. Por isso minha proposta pela criação de uma entidade representativa que organize essas iniciativas”, disse Ednaldo Rodrigues, presidente da CBF.

Além do Brasil, também estiveram representantes de Angola, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal e São Tomé e Príncipe.

A minuta do estatuto será enviada nos próximos dias pela CBF para os outros integrantes do bloco, que conta com os seguintes países: Moçambique, Cabo Verde, São Tomé e Príncipe, Guiné-Bissáu, Guiné Equatorial e Timor Leste. Macau, território chinês que é considerado um filiado independente pela Fifa, também integrará o grupo. (BN)