Presidente da Vale pede desculpas por tragédia em Brumadinho

0
75
-
Foto : Israel Defense Forces

O presidente da Vale, Eduardo Bartolomeo, pediu desculpas “a toda a sociedade brasileira pelo o que aconteceu em Brumadinho”. Em janeiro, a barragem do complexo da mina do Feijão, em Brumadinho, se rompeu, deixando 270 pessoas mortas. “Não poderia deixar de agradecer a funcionários, autoridades, bombeiros, Defesa Civil de Minas Gerais e voluntários” disse. No primeiro trimestre de 2019, a Vale registrou um prejuízo líquido de R$ 6,4 bilhões. Bartolomeo acrescentou que a Vale “tem compromisso total com comunidades atingidas”, com foco em “segurança, pessoas e reparação”, e que o objetivo da empresa é reparar “de forma célere e justa por danos causados às comunidades, à infraestrutura e ao ambiente”. (Metro 1)


DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui