Presidente do Ibama publica portaria e restringe contato de funcionários com a imprensa

-
Foto : Op VERDE BRASIL/17

Uma portaria publicada hoje (5) prevê restrições ao contato de servidores do Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e a imprensa.

A portaria foi publicada um dia depois de reportagens da agência Reuters e do site The Intercept Brasil, que tiveram funcionários do órgão como fontes, revelarem que o Ibama alterou normas para liberar a exportação de madeira nativa para os Estados Unidos e Europa.

Servidores que ocupam cargos de chefia agora são obrigados a reportar à assessoria de comunicação qualquer tentativa de contato feita por repórteres ou veículos de imprensa.

De acordo com fontes ouvidas pelo jornal O Globo, a portaria estava sendo elaborada havia alguns meses e a ideia original era organizar a política de comunicação do Ibama.

Entretanto, eles afirmam que o contexto no qual ela foi publicada deixou os funcionários do órgão preocupados. Eles consideram que o ato se assemelha a uma “mordaça” para o Ibama.

Esta não é a primeira vez que o governo tenta controlar o fluxo de informações do Ibama para a imprensa. No início deste ano, toda a comunicação institucional do Ibama passou a ser supervisionada pela assessoria do Ministério do Meio Ambiente. (Metro1)