Quatro pessoas que pegaram dinheiro deixado por bandidos na rua em Criciúma (SC) são presas

-
Foto: Caio Marcello - 01.dez.2020 / Agif - Agência de Fotografia via Estadão Conteúdo

As investigações para prender a quadrilha que durante a madrugada promoveu ataques em Criciúma (SC), assaltou uma agência bancária e manteve algumas pessoas reféns está mobilizando a polícia de Santa Catarina. O delegado Anselmo Cruz, da delegacia de roubos e antissequestro do estado, falou à CNN sobre as investigações.

Segundo ele, foram identificados e presos quatro moradores próximos à agência bancária que aparecem em vídeos nas redes sociais pegando o dinheiro que ficou espalhado. “Eles foram presos em suas residências, moradores próximos à agência bancária, foram identificadas por terem se aproveitado da situação e subtraído uma soma considerável na rua, autuadas em flagrante, configura o crime de furto”, explica.

Em balanço do assalto, a Polícia Militar confirmou que foram encontrados R$ 810 mil com os quatro presos.

O esquadrão antibombas da Polícia Militar também desativou quatro explosivos deixados pela quadrilha.

Cruz conta quais serão os próximos passos dos investigadores. “Há uma forte mobilização de todas as polícias, os veículos já foram localizados e inicia-se por parte da Polícia Civil especialmente começa a investigação, coleta de vestígios e informações preliminares para se chegar à autoria dos responsáveis pelo crime. Estamos falando de dezenas de criminosos, de meses de preparação para isso, não é algo que será rápido, com uma solução imediata”. (CNN)