Queimadas na Amazônia Legal sobem 49% em maio

Foto: secom MT

O número total de focos de queimadas registrados na Amazônia Legal em maio deste ano foi 49% maior que o mesmo mês em 2020, segundo aponta dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe). O resultado deste ano ainda é 34,5% superior à média histórica do mês.

Em maio deste ano foram registrados 2.679 focos de fogo na floresta. No mesmo mês em 2020, foram 1.798. A média histórica para o mês é de 1.991 focos, e o recorde para maio ocorreu em 2004, quando houve 5.155 pontos. O Inpe monitora os dados de queimadas em todos os biomas brasileiros desde 1998.

Os dados são motivos para preocupação já no início da temporada de queimadas no Brasil, que começa entre maio/junho e vai até setembro/outubro.

A Amazônia Legal é uma área que engloba nove estados do Brasil pertencentes à bacia Amazônica, cerca de 59% do território brasileiro. (Fonte: Bahia.ba)