SAJ: Dr. Christian admite áudio vazado por ‘pessoa desonesta’ e garante que Dr. Euvaldo seria o melhor secretário de saúde

-
Pré-candidato a prefeito de Santo Antônio de Jesus, Dr. Christian Ferraz / Foto: Voz da Bahia

Na manhã desta quarta-feira (03/05), o médico e pré-candidato a prefeito de Santo Antônio de Jesus, Dr. Christian Ferraz (PP), admitiu que áudio vazado no WhatsApp no último domingo (31/05) contendo várias denúncias foi de sua autoria e que de maneira desleal foi tornado público.

Segundo o médico, em entrevista a Andaiá FM, o mesmo considera desonestidade a ação da pessoa que compartilhou esse áudio privado, “o áudio vazado não representa necessariamente tudo como fundo de verdade, falei 5% da história, mas eu não minto e assino embaixo. É lamentável que ‘pessoa desonesta’ transforme um áudio privado e o divulguem para a população.

Dr. Christian afirmou que a saúde municipal estaria bem melhor se o ex-prefeito Euvaldo Rosa fosse secretário de saúde, “com a cabeça que Euvaldo tem, seríamos muito mais assistidos e estaria ao seu lado. Euvaldo está preparado para ser o secretário de saúde municipal, até da secretaria do Estado. Ele está preparadíssimo, mas também está muito tenso, ele tem família. A política não existe sem saúde, de que adianta ter eleição com familiares mortos”, pontuou.

Ações contra o coronavírus em Santo Antônio de Jesus

Dr. Christian criticou as ações da gestão municipal contra a doença que tem matado milhares de pessoas no mundo. Segundo ele, a abertura do comércio apenas pela manhã e as barreiras sanitárias realizando apenas medição de temperatura não são atitudes suficientes para evitar a disseminação do vírus, “todas as vezes que fechamos o comércio e depois abrimos acontece uma aglomeração absurda. A imprudência não vem do povo, mas dos nossos gestores que não fazem a coisa correta”, disse.

Ainda de acordo com o médico, caso fosse responsável pela pasta de saúde, o mesmo alugaria um hotel fazenda para colocar todas as pessoas da covid-19 positivo naquele lugar com a secretaria de saúde monitorando, “se falarem que não tem recursos para isso, é mentira. Essa ação tiraria do seio municipal as pessoas com coronavírus positivo”, concluiu.

Redação: Voz da Bahia

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui