Salvador: Homem que fingia ser policial é preso suspeito de participar de falso roubo de carro para fraudar seguradora

0
240
-FOTO: GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO/CREATIVE COMMONS
FOTO: GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO/CREATIVE COMMONS

Um homem que se apresentava como policial civil, mas não é, foi preso nesta terça-feira (13), em Salvador, suspeito de envolvimento em um falso roubo de carro para fraudar a seguradora do veículo.

Segundo a Polícia Civil, o homem agiu com a dona do carro, que é investigada por estelionato e falsa comunicação de crime. O suspeito teria recebido o veículo como pagamento pelo falso roubo, para que a dona pudesse acionar o seguro.

Diego de Almeida Menezes, de 29 anos, foi detido com o veículo durante uma operação deflagrada pela Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos de Veículos (DRFRV), no bairro de Fazenda Grande do Retiro.

“Ela [dona do carro] é suspeita por ter realizado a falsa comunicação do suposto crime [roubo] na DRFRV, no dia 24 de junho, deste ano, visando receber o valor do seguro. Diego escondeu o carro, o qual ele recebeu como pagamento pela sua atuação na ação criminosa”, afirmou, em nota, o titular da DRFRV, delegado José Nélis de Araújo.

Ainda segundo o delegado, o uso da tecnologia de Reconhecimento de Placas disponibilizada pela Secretaria da Segurança Pública (SSP-BA) auxiliou na solução do crime.

“A partir de análises dentro deste novo sistema, foi possível encontrar inconsistência no falso boletim de ocorrência, como, o histórico de locais onde veículo transitou e outras informações que o sistema contribuiu para as investigações”, explicou o delegado, também em nota.

Conforme a polícia, Diego de Almeida confessou os crimes e foi autuado por receptação de veículo roubado e usurpação de função pública. Ele segue preso, à disposição da Justiça. Já a dona do carro, está em liberdade enquanto o caso segue em investigação. (G1/Ba)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui